A carreira de Halder Gomes no cinema começou em 1991 como dublê em filmes de artes marciais nos Estados Unidos. Dez anos depois estreava como diretor no longa “No calor da terra do sol”, que teve sua primeira exibição pública em 2004 no Cine Ceará. Em seguida rodou o curta “Cine Holiúdy – O astista contra o caba do mal”, base para seu quarto longa, “Cine Holliúdy”, que em 2013 foi o filme brasileiro que alcançou a maior média de público por sala. A trama teve continuidade em 2019 com “Cine Holliúdy 2 – A Chibata Sideral”. No mesmo ano, a saga de Francisgleydisson (Edmilson Filho) inspirou a série “Cine Holliúdy”. Em 10 episódios, a série foi lançada inicialmente no serviço de streaming Globoplay e posteriormente na Rede Globo, se tornando um fenômeno de audiência do horário na sua estreia e na reprise um ano depois, também em horário nobre da emissora. O DNA Cine Holliúdy obteve resultados fenomenais em todos seus desdobramentos da franquia em todo o Brasil e em festivais nos cinco continentes, destroçando de vez a diminutiva e limítrofe expressão "regionalista".

Numa trajetória marcada pela diversidade de gêneros e temas , Halder Gomes dirigiu também o terror “The Morgue” (2008/codireção com Gerson Sanginitto) nos EUA, o premiado curta documentário "Loucos de Futebol"(2007),  o drama “As mães de Chico Xavier” (2011/codireção com Glauber Filho), a comédia de ação “O Shaolin do Sertão” (2016), a comédia urbana “Os Parças” (2017), o stand-up para a Netflix “Edmilson Filho em: notas, uma comédia de relacionamentos” (2017), além de diversas peças de teatro originais de comédia estreladas por Edmilson Filho. Em tempos de pandemia, entre outros trabalhos em desenvolvimento, finalizou em 2021 o longa “Vermelho Monet” (inédito), seu primeiro drama com temática sobre pintura, filmado em Lisboa; filmou a comédia “Bem-vinda a Quixeramobim”. Realizou durante o lockdown o curta "Cóu Stóries" - a convite de Kleber Mendonça Filho através do Instituto Moreira Sales -, um olhar sarcástico sobre o uso da tecnologia como alternativa ao não presencial, que potencializaram infinitas reuniões virtuais chamadas de "calls". Como produtor, em parceria com Mayra Lucas (Glaz Entretenimento), lançou em 2020 na Netflix a comédia de ação/policial "Cabras da Peste", um dos fenômenos do ano na plataforma, dirigido por Vitor Brandt, e o suspense psicológico "Dente por Dente" (Globoplay), dirigido por Júlio Taubkin e Pedro Arantes. Ainda no início da pandemia chegou a filmar um quarto da 2ª temporada da série de tv “Cine Holliúdy”, interrompida pelo pico da doença, com retorno programado para 2022 juntamente com a 3ª temporada. No momento, Halder filma no sertão cearense a primeira temporada de uma série de comédia e ação para o streaming.

Nosso Canal do YouTube

Lei de Incentivo à Cultura
Apresentação
SP Combustíveis
Patrocínio Vip
Canal Brasil
Piraquê
Patrocínio
Canal Brasil
Piraquê
Piraquê
Prefeitura de Fortaleza
Agradecimento
Enel
Exibidor Oficial
Canal Brasil
Apoio Institucional
O Povo
Vida & Arte
TVC
Casa Amarela Eusélio Oliveira
Universidade Federal do Ceará
Instituto Dragão do Mar
São Luiz
Cinema do Dragão
Dragão do Mar
Esse Projeto é apoiado pela Secretaria Estadual de Cutura
Ceará Cultura
Governo do Estado do Ceará
Apoio Cultural
Unifor
Cegás
Diário do Nordeste
Apoio
Nanda Aluga
Dikoko
Frosty
Colmeia
Realização
Associação Cultural Cine Ceará
Bucanero Filmes
Bucanero Filmes
Bucanero Filmes
Bucanero Filmes